"Rezem o terço todos os dias, para alcançarem a paz pra o mundo e o fim da guerra." (Fátima - Portugal)
   
Documento sem título
 
Documento sem título
QUEM SOMOS
 
PASTORAL TERÇO EM FAMÍLIA da Catedral Militar Rainha da Paz

Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura.” Mc. 16,15

A Pastoral Terço em Família tem por missão evangelizar de casa em casa, levando as pessoas a descobrir a alegria de deixar Jesus dirigir suas vidas.

Trata-se de um grupo de oração itinerante que realiza suas reuniões todas as segundas-feiras, de 20 ás 22 h, nas residências das famílias que tem interesse em recebê-lo.

Há um responsável pela agenda do grupo que registra as solicitações e verifica a disponibilidade de data.

Toda segunda-feira que antecede o dia 25, dia de Nossa Senhora Rainha da Paz, a reunião é realizada na Catedral Rainha da Paz onde o grupo intercede também pelas atividades que ocorrerão naquele dia na Igreja.

As missas de segunda-feira, 19 h, é dedicada às Almas e a liturgia é de responsabilidade dessa Pastoral.

Uma vez por mes, na terceira quinta-feira, a Catedral promove um dia de adoração ao Santíssimo e o Terço em Família é responsável pelo horário de 14 às 15h. Tem também um outro plantão de adoração na Igreja do Santíssimo Sacramento, no dia 05 de cada mês, de 12 às 14h.

E-mail para contato: tercodarainha@gmail.com

Responsável pela Agenda: Ianilce Veloso
Tel : 9941-1744

 

HISTÓRICO

Tudo começou em 1996, por iniciativa do casal Antonio Ferreira e Silvani, sob a orientação espiritual do Padre Reni Nogueira dos Santos, à época Capelão do Oratório do Soldado. Ele acompanhou a equipe por dois anos sendo responsável pelo nome Terço em Família Rainha da Paz, pois presenteou a equipe com uma imagem Nossa Senhora Rainha da Paz.

“8.Pois meus pensamentos não são os vossos, e vosso modo de agir não é o meu, diz o Senhor; 9.mas tanto quanto o céu domina a terra, tanto é superior à vossa a minha conduta e meus pensamentos ultrapassam os vossos.” Isaías 55,8-9

Antonio, militar do Exército, frequentador na ocasião do Oratório do Soldado, foi acometido de uma forte crise de coluna que o impossibilitou até de sair de casa, tal era a intensidade de suas dores.

O Senhor tem planos específicos para cada um, todos são chamados, cada um à sua maneira. No caso de nosso irmão Toninho, foi pela dor. Foi obrigado a se afastar do trabalho, da Igreja, dependendo de ajuda até para vesti-se. E por três meses esteve entregue à essa enfermidade, à base de fortes medicamentos.

Em meio ao sofrimento, buscou o auxílio na oração e na solidariedade dos amigos. E sentiu em seu coração o desejo de rezar o terço na casa desses amigos, em sinal de gratidão.

Era 25 de agosto de 1996, segunda-feira, e foi aí que tudo começou.

Na segunda-feira seguinte outro casal se interessou em oferecer sua casa para a oração do terço, havendo a segunda reunião. E assim não parou mais. Mesmo quando precisou se ausentar a serviço, ficando um ano fora do Brasil, o grupo não interrompeu sua atividades.

E Toninho, enquanto esteve na Colombia, fundou uma “filial” do Terço em Família e até hoje a equipe se reune e nós contamos com a intercessão desses irmãos colombianos mas com o coração, em parte, brasileiro.

“Se o seu projeto ou sua obra provém de homens, por si mesma se destruirá; mas se provier de Deus, não podereis desfaze-la. Vós vos arriscaríeis a entrar em luta contra o próprio Deus” Atos dos Apóstolos 5. 38-39.

E como esses anjos, que trazem em suas mão a luz, assim o grupo se mantem obediente aos desígnios do Pai, levando às famílias a luz maior, o anúncio da Boa Nova, nosso Senhor Jesus Cristo ressuscitado.

Temos irmãos evangelizando em Recife -Pe, Santa Maria - RS, Rio de Janeiro – RJ e em São José do Rio Preto, Santos e Piracicaba, todos em SP.

O grupo contou sempre com a orientação espiritual de um sacerdote e seu primeiro orientador, já mencionado acima, foi o Padre Reni, que ao se mudar de Brasília passou a função ao Frei Daniel. O grupo passou a frequentar a Catedral e por sete anos consecutivos foi acompanhado por Frei Mário Marquez. Recebeu o incentivo e as bênçãos de Dom Ávila, que participou diversas vezes de suas Confraternizações.

Frei Mário logo conquistou a todos com sua simplicidade, combinada com sabedoria, participando muitas vezes da reuniões do grupo e se misturando conosco, durante essas reuniões, como se fosse um de nós, e não o Diretor Espiritual.

Pacientemente aguardava sua vez e o momento de falar, e depois nos dava a tradicional bênção de São Francisco, marca registrada dos Franciscanos. Até que recebeu um novo chamado, para o qual nos confessou ter sido o “Sim” mais difícil de sua carreira ministerial.

E essa foi mais uma lição que nos ensinou: é preciso ser obediente, ainda que a missão possa, a princípio nos parecer espinhosa e nos assustar, mas somos apenas instrumentos nas mãos de Deus. A obra é Dele, resta-nos ser dóceis e deixar que nos guie.

Frei Mário, hoje Dom Mário, foi nomeado Bispo Auxiliar de Vitória e antes de ir embora, elevou-nos à categoria de Pastoral da Catedral Rainha da Paz, significando uma maior responsabilidade em nossa missão.
A Pastoral hoje conta com a orientação e o incentivo do atual Cura da Catedral Padre Silas Vianna e seu auxiliar Padre Marcon.

 
Visitas Únicas Hoje: 40 - Total Visitas Únicas: 67013 Usuários online: 3
© Copyright 2012 - 2015 - www.tercoemfamilia.com.br - Todos os Direitos Reservados
Desenvolvido por: